quinta-feira, 21 de março de 2013

Opinião do leitor: 
Travessias de lanchas entre Rio Grande e
São José do Norte
Edição de imagens: Sueli Thomazine

Boa Tarde,
Venho por meio deste ressaltar as dificuldades diárias de todos os passageiros das lanchas que fazem as travessias entre Rio Grande e SãoJosé do Norte e vice-versa.

A demanda de pessoas transitando já aumentou relevantemente nos últimos 6 anos. O transporte é demorado (leva 30min e poderia levar 15min). Não há um tipo de ventilação ideal, ou vamos confinados feito sardinhas em baixo onde varias janelas são emperradas (pegando gripes, resfriados e viroses uns dos outros) ou vamos na parte superior ao vento e chuva (levando em conta que temos apenas 4 estações quentes e o resto do ano venta e é muito frio).

Os empresarios embargaram licitação para novas empresas-frotas e ficou por isso mesmo! Temos poucas lanchas perto do número de passageiros que transitam. As hidroviarias não tem estrutura para as pessoas aguardarem as lanchas, muitas pessoas ficam nas filas na chuva, vento (quase sempre) e ao relento em pé, pois não existe investimento real neste setor. Muitas vezes as lanchas apresentam problemas no meio das travessias, já cheguei a ficar 1h e 50min no meio do canal da laguna dos Patos aguardando outra lancha em condições de terminar a travessia. Observamos um enorme descaso com essa região do Brasil. Rio Grande está na mídia pelos investimentos no Pólo Naval e ao meu ver o setor de transportes hidroviários deveria estar em pauta e servir de modelo para o Brasil e não servir de vergonha e descaso.

Para não ficar no setor de reclamações (Ouvidoria/AGERGS) apenas, vou sugerir as SOLUÇÕES (AGERGS) então: Que sejam feitas aberturas frontais e /ou traseiras nas lanchas para que entre ar para todos sem que fiquemos trancafiados (enlatados) já que além das janelas estarem emperradas muitas pessoas que sentam nas janelas não tem noção de abrirem pelo menos frestas.

Que as travessias ocorram em 15 minutos ao invés de 30 e que passe a operar de 15 em 15 minutos ao invés de esperarmos em filas desnecessárias.
Que sejam colocadas lonas transparentes e fortes nas partes superiores que ficam expostas à chuvas e ventos no periodo de frio (8 meses a.a)
Que haja melhorias nas hidrovias, tanto na estrutura (proteção e comodidade aos que aguardam travessias)  como nos serviços de alimentação,  banheiros etc. 
Que os olhos e atenção dos governantes esteja - por um momento que seja - voltado aos problemas relacionados a estas travessias. Lembremo-nos de que o ideal seria ter um túnel ou ponte entre essas cidades o que facilitaria e muito as travessias e melhorias para a cidade de São José do Norte tão esquecida que vive apenas de lembranças "heróicas" e vive dependente de muitos setores riograndinos, tais como: saúde, educação, alimentação,  suprimentos de todos os setores.

Não falo aqui apenas por mim, falo por todas as pessoas que fazem os mesmos trajetos diários.  Falamos como cidadãos que pagam impostos e requerem mudanças! 

PELA MELHORIA DAS CONDIÇÕES DESSAS TRAVESSIAS e do setor Sul do Estado do RS!

ATT, 

Daiane Furtado Cabral
dayahcabral8@gmail.com

Nota: O texto acima, de autoria de Daiane Furtado Cabral, foi publicado na íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário